Publicidade

Dias Negros

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Caros amigos de Moledo Pigeons Races,

Mesmo antes de sabermos o resultado final da prova de Alvaiazere, realizada a 25/05/20, sentimos a responsabilidade e o dever de escrever a todos os que nos têm apoiado ao longo dos anos.
Temos consciência que estas palavras não remedeiam o acontecido nem fazem regressar os pombos perdidos, mas é o mínimo que podemos fazer para, de alguma forma, chegar a todos vós.
Os pombos pareciam preparados para mais uma etapa e anteontem, 24/05, começámos a encestar tarde, depois das 20hrs, para fugirmos às temperaturas elevadas.
O camião partiu perto das 23hrs e seguiu logo para o local de solta, onde chegou por volta das 04hrs. De imediato, foram enchidos os bebedouros e os pombos abeberados. A água esteve à disposição até à hora da partida.
Às 03hrs30, partiram dois dos nossos colaboradores que, num carro ligeiro, fizeram o percurso em cerca de duas horas. No caminho, encontraram focos de nevoeiro a cerca de 50 Kms do local da solta. Chegados ao local, constataram zonas escuras à distância e, por isso mesmo, atrasaram a hora provável de solta em cerca de 45 minutos. Às 07hrs15 foi dada a hora de partida e feito o vídeo que já tivemos a oportunidade de publicar na nossa página de Facebook.
Note-se que as previsões meteorológicas apontavam para zonas de fraca visibilidade no litoral, numa facha de cerca de 50/60 kms. Alvaiazere encontra-se numa zona central/interior.
Os pombos saíram bem, subiram alto e em dois minutos desapareceram do horizonte.
Encetámos o regresso a casa e, volvidos uns 20 kms, começámos a notar focos de nevoeiro baixo, alternados com zonas de mais luminosidade. Durante 100/110 Kms foi uma constante.
Sabíamos que a prova iria ser selectiva pois haveria vento contra e que as temperaturas iriam estar elevadas (entre 25 e 30º Celsius).
Acreditamos que tenha sido este o maior problema…. Uma parede natural que impediu o regresso dos nossos atletas.
Os primeiros pombos a chegar ao pombal fizeram 1186 m/m o que consideramos bom. No entanto, os minutos começaram a passar e a preocupação a crescer.
Os pombos foram chegando em condições físicas para resistir à natural dureza do norte, mas nada previa este desfecho no final da tarde.

Nada do que foi escrito serve como justificação. No entanto, gerimos um negócio recente que queremos duradouro. Somos também columbófilos, pensamos ter experiência e fomos derrotados por um ou vários factores que fizeram deste dia, um dia que nos leva a pensar que temos que mudar de linha de voo e virar totalmente para leste, fugir às neblinas matinais, ao duro vento norte e voltar novamente a conquistar a vossa confiança.

Nesta altura, poderá não valer muito, mas estamos já a pensar num conjunto de estratégias de futuro que permitam acabar com falhas, que protejam os pombos e, acima de tudo, que não defraudem todos vós que têm confiado no nosso projecto.
Muito em breve, daremos a conhecer o nosso plano de acção para o futuro que incluirão ideias extra para os actuais participantes do Moledo Yearlings Championship 2020.

Estamos sem palavras! Ninguém merecia este dia… nem os pombos nem vós.

Tentem desculpar-nos, não temos mais palavras de conforto, falhamos convosco!!!

Um forte abraço cá do Norte,

Moledo Pigeons Races

Imprimir Email

Com o apoio de:

Powered by Benzing

Quem está em linha

Temos 48 visitantes e 0 membros em linha